Endoscopia Digestiva

A endoscopia permite a avaliação da porção superior do trato digestório, o que inclui o esôfago, o estômago e o duodeno (primeira parte do intestino delgado). O aparelho usado para o exame é um tubo fino e flexível – o endoscópio, que permite ao médico observar as imagens em um monitor de vídeo.

Indicação

A endoscopia ajuda o médico a definir a causa de sintomas como dor em abdome superior, náusea, vômitos, dificuldade para engolir, entre outros. É também um excelente método para a investigação de sangramentos digestivos. Gastrites e úlceras são exemplos de doenças facilmente diagnosticadas pelo exame.

O médico pode também usar a endoscopia para obter biópsias (pequenos fragmentos de tecido) que servem para distinguir entre lesões benignas ou malignas.

Preparo

O preparo do exame é simples, o paciente deve estar em jejum de oito horas para que a parte do tubo digestivo esteja completamente esvaziada, permitindo uma melhor visualização. Se precisar tomar remédios, deve fazer com pequenos goles de água. Não deve fazer uso de antiácidos. Importante avisar ao médico se o paciente é alérgico a alguma medicação ou se possui algum problema de saúde, como cardíacos ou pulmonares.

No dia do exame

O exame é bem rápido, e antes da sua realização, é aplicado um sedativo na veia para que o paciente não sinta nenhum desconforto. Após o exame, o paciente fica na sala de recuperação onde permanecerá por mais algum tempo até se recuperar do efeito do sedativo.

O paciente deve ir ao exame acompanhado de um adulto.

Agendamento

Central de marcação: (71) 3288-8120.

De segunda a sábado, das 7h às 19h.

Para agendar pelo plano de saúde:  é importante que o paciente tenha em mãos a solicitação médica, assinada e carimbada, a carteira do convênio e um documento de identificação.

Particular: para agendar o exame é importante que o paciente tenha em mãos a solicitação médica, assinada e carimbada, e um documento de identificação.